quarta-feira, 10 de setembro de 2008

The Dark Side of the Moon & O Mágico de Oz

As coincidências entre o álbum ‘The Dark Side of Moon’ e o filme ‘O Mágico de Oz’ não se restringem à simples exposição do casamento do som com a imagem. Já ouvi muitas pessoas (que até já assistiram ao filme e curtiram o álbum) dizerem que não captaram coincidência alguma no tal casamento. Isto é compreensível. Quando me deparei pela primeira vez com a sincronia entre o álbum e o filme, captei poucas coincidências – já que havia esquecido boa parte do enredo de ‘O Mágico de Oz’, que assisti lá pelos anos oitenta. Assim, após uma paciente releitura, foi possível observar as coincidências.

E a observação principal: não basta apenas a noção do enredo do filme e a compreensão das letras do álbum ‘The Dark Side of Moon’. É necessário, antes de tudo, captar a mensagem; a leitura filosófica de ambos... Só assim fica mais nítida a perfeita "simbiose".

Bom, chega de papo e vamos direto ao que interessa: clique AQUI e boa viagem!

7 comentários:

Felipe disse...

cara, eu assisti as videos e gostei muito.
parabéns

joao disse...

Michel, parabens pelo trabalho, deve ter dado um bom trabalho mas que ficou maravilhoso... Para mim, o disco do Dark Side é uma olbra prima, assitindo o DVD que fala sobre o Album então deu pra ter uma noção de quanto ele tocou as pessoas por todo o mundo!! Bom eu tenho 26 anos mas qdo tinha uns 16 ou 17 fizemos a sincronia do filme (cassete) que alugamos numa locadora e um aparelhinho e ficamos mto surpresos com a sincronia do disco e o filme... Por acaso achei hj sua pagina, assiti os videos e novamente te dou meus parabens!!

Abraço

João Matos - Lins SP

Anônimo disse...

Michel, assiti seu belo trabalho e realmente, não tenho muito o que falar, se não dizer que é "um belo trabalho" e que tudo isso são coisas de PINK FLOYD.
Um abraço.
Marconi - Bonfim MG

vholf disse...

michel, seu trabalho foi retirado do you tube. espero que seja possível recolocá-lo, já o vi antes e, como muitos, admirei demais. espero seu trabalho on line de novo.
vholf@hotmail.com
vitor

Ana Paula Gomes Monteiro disse...

Antes de mais nada parabéns pelo trabalho, que ficou maravilhoso... Eu amo o album e o filme, e já sabia da sincronia há tempos, porem nunca tinha visto na internet uma análise como a sua. Procurando para ilustrar o caso para uma amiga, eis que te encontro... Eu sei que deveria pedir sua permissão, mas já estou compartilhando no facebook, e te fazendo uma solicitação de amizade... Se vc não concordar com a divulgação do seu trabalho, por favor, me notifique...

Marie disse...

parabens pela analise, fez eu mudar a concepcao sobre a vida. estou sem palavras...

Anônimo disse...

Adorei a análise geral do álbum em especial, mas todo o trabalho que envolve Dark Side que vc postou me deixou fascinada. já tinha lido os artigos sobre o disco no blog a algum tempo, e me ajudaram muito a esclarecer algumas dúvidas a respeito das metáforas usadas nas letras das músicas. Principalmente em Brain Damage que é a minha favorita do álbum.Parabéns pelo trabalho. Nunca tinha lido uma ánalise tão profunda a respeito do álbum The Dark Side Of The Moon.