quarta-feira, 10 de setembro de 2008

O sentido de "O Lado Escuro da Lua"

A ciência nos ensina que a lua tem um lado que nunca é visto da Terra. É por isto que chamam de “Lado Escuro”. Por seu fator enigmático, criaram-se várias lendas em torno do “lado escuro”: discos voadores, seres estranhos etc. O astronauta norte-americano James Lovell, após conhecer o “lado escuro” da lua, teria afirmado: “Papai Noel existe”. Tal frase foi tomada pela crendice popular como metáfora para algo misterioso que Lovell teria avistado – já que “Papai Noel” era um código usado entre os astronautas e a NASA para fazer referência à visão de um possível OVNI. Mas a frase foi dita justamente no Natal de 1968, o que levou os mais céticos a acreditarem que tudo não passou de uma brincadeira do astronauta.
Falando em crendice, ou, coincidência, o fato é que Syd Barrett pirou de vez e saiu definitivamente do Pink Floyd em 1968 – justamente no ano em que a lenda em torno do “lado escuro da lua” se tornara evidenciada pela declaração de um astronauta. Em 1973 o Pink Floyd criaria o “The Dark Side of Moon”, cujo propósito era também homenagear Barrett. O “Lado Escuro da Lua” seria, no fundo, uma metáfora para o “lado escuro” de todo ser humano, ou seja, aquela faceta que carregamos dentro de nós e que nunca é visto pelas outras pessoas.

Um comentário:

Bruce Wayne. disse...

Ótima explanação meu caro, há tempos eu escutava esse álbum junto aos demais sem saber dele muita coisa. Apesar de eu gostar bastante dele, eu considero ele inferior ao The Wall e The Final Cut. Excelente blog, ganhou mais um leitor.